sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

CARRO DE BOI ABANDONADO



O  VELHO CARRO DE BOI  ABANDONADO  NO NORDESTE TODO MUNDO HOJE  ANDA  DE MOTO  CARRO  ENFIM  OUTROS  TRASNPORTES  O CARRO  DE  BOI  ESTA  APOSENTADO  NOS  RECANTOS  DAS  FAZENDAS DO SERTÃO  NORDESTINO  DOS  SEUS  DIVERSOS ESTADOS
Carro de boi, priguiçoso . . .
puxado pur Pintadin
e seu pareia: o Mimoso!
Tenho viva a tua musga
na minha arrescordação .
As risca qui tu dexasse
pelas istrada isquisita
a istória qui tem iscrita
dos teus tempo no Sertão.
- Macha pra lá. . Mimoso! . .
Puxa o carro! Pintadin... -
U'a subida, u'a baxada,
as duas roda infincada
nas areia dos camin .
E quato legua pur dia .
Se tira mais, cansa o boi!
Essa macha demorada
papai cortô, já, não quis.
Meu avô foi tão filiz. . .
meu pobe pai já nao foi,
Vovó, tão santa, tão boa,
mandava tirá a canga
pra Pintadin discansá.
Meu avô tao carinhoso. . .
dava capim ao Mimoso,
era outo boi no oiá!
Patrão, patroa e carrero,
na sombra do ingazero .
Agua de chuva im marimba,
banho de cuia im caçimba
no rio do Putengi.
Rapadura, carne-seca,
comprada no Cariri .
Chego o tempo muderno:
o artomove, o avião.
O trem, essa besta-fera,
tarvez pra fazê fiasco,
toca fogo no panasco
das terra do meu Sertão
- oi... oi... -
O carro de boi parô
Pintadin saiu pastando
cum seu pareia: o Mimoso!
Minha avó e meu avô
im seu eterno reposo .
E lá na fazenda veia,
duas cavera branca
tã infeitando o camin:
de um lado morreu Mimoso!
Do outo lado: Pintadin!

ZE PRAXEDE (José Praxedes)
Nasceu em Natal e morreu no Rio de Janeiro. Era chamado o POETA VAQUEIRO, recitando poesias nas rádios do Nordeste, nos circos, nos teatros, na Festa da Mocidade, na Feira de São Cristóvão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TODOS OS VISITANTES PODEM NOS ENVIAR SUAS SUGESTÕES MATÉRIAS E COMENTÁRIOS DESDE QUE SEJA LIGADO A CULTURA O LAZER DADOS HISTÓRICOS DE SUA COMUNIDADE CIDADE ESTADO OU PAÍS OBEDECENDO A ÉTICA DE JORNALISMO QUE SE TRATA ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO UM SETOR DE PROMOÇÃO SOCIAL PARA TAMBÉM REGISTRAR AS BOAS COISAS DESTE PAÍS. E AQUI FAZEMOS O POSSÍVEL PARA SER APOLÍTICO AGRADECEMOS A ACEITAÇÃO DOS NOSSOS VISITANTES